Festival literário de Araxá (Fliaraxá)

A quinta edição do Festival literário de Araxá (Fliaraxá) começa nesta quarta-feira de 14 e vai até o dia 18.  O evento acontecerá pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), às 20h30.

O município mineiro já é conhecido pelo evento de âmbito nacional, tendo a presença a cada ano de vários escritores, palestrante de conhecimento nacional e internacional.

Livro sobre Araxá

[adsenseup]

O lançamento do livro “Araxá – A cidade da gente” será um dos pontos altos da programação do V Fliaraxá. A obra é coordenada pelo escritor José Santos e ilustrada por Nara Isoda. Numa parceria da Editora Olhares e o Fliaraxá, o livro aborda a educação patrimonial, mostrando tanto o nosso acervo histórico araxaense, quanto o patrimônio imaterial. Produzido a várias mãos, o livro também contou com a participação da comunidade de estudantes e professores da rede pública de ensino da cidade, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação. (com informações da ASCOM)

fliaraxá

Nomes como Mário Sérgio Cortela, Milton Hatoun, Clóvis de Barros Filho, Frei Betto, Leonardo Boff, Márcia Tiburi, Miriam Leitão estão entre os convidados nacionais. O homenageado esse ano será Miltom Hatoun.

 

Mesas de debates discutem “O amor, a leitura e as diferenças”

 

Nesta edição, cerca de 70 autores compõem a programação do Fliaraxá, em mais de 50 encontros e debates. As mesas seguem o tema do Festival, trazendo também assuntos pertinentes à especialidade dos escritores convidados. Dentre os destaques da programação estão: Luiz Ruffato e João Paulo Cuenca que se unem para falar do tema “Cinema e literatura”, trazendo à tona suas experiências em ter seus livros adaptados para as telonas. O rapper e ativista social MV Bill se junta ao jornalista Sérgio Abranches para falarem sobre “O amor, a literatura e a música como transformadores sociais”. Frei Betto e Vladimir Safatle falam na mesa “Da felicidade e dos afetos”, discutindo como a vida social e política influenciam na sociedade. Laurentino Gomes e Sérgio Rodrigues falam sobre “O amor na história e na literatura”. Os curadores de três festivais literários Afonso Borges – Fliaraxá, Paulo Wernek (Flip) e o português José Pinho (Folio – de Portugal), se unem para debater o tema “Curadoria, gestão cultural e experiências”. Dois poetas que vivenciaram o movimento da poesia marginal dos anos 70 à poesia periférica e dos saraus dos últimos 15 anos, Francisco Alvim e Sérgio Vaz, fazem a “Conversa sobre poesia”. A poesia ganha mais um destaque na mesa “Poesia e amor na Literatura”, com Zack Magiazi e Marco Haurélio. Mirian Leitão senta-se com a portuguesa Tatiana Salem Levy para uma conversa sobre “O tempo na literatura”. Mario Sérgio Cortella e Leonardo Boff, em separado, falam sobre o tema do Fliaraxá.  Assim como o italiano Roberto Parmeggianni, que trabalha com crianças e adultos com deficiência, realizando oficinas e projetos de formação para inclusão e fará a palestra de abertura do Festival e, em outro momento, junta-se à secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo, para falar sobre “A inclusão nas escolas”.

A mesa do homenageado, com Milton Hatoum e o jornalista Ascânio Seleme, também abordará o tema do V Fliaraxá. O norte-americano, Willian C. Gordan, autor de obras policiais, junta-se a Leila Ferreira e fala sobre “Amor e morte na literatura”. Nelson Motta e Marcia Tiburi falam sobre “A Música, o Amor e a Filosofia”, em especial na música e sob o olhar filosófico.  Clóvis de Barros Filho exporá sobre o tema de seu novo livro “Felicidade ou morte”. (via ASCOM)

Confira programação completa: http://www.fliaraxa.com.br/pagina-programacao/

[/adsenseup]

Comente essa matéria

comentários

You might also like More from author

Simple Share Buttons